A câmara Municipal de Vereadores de Baixa Grande através de sua presidente vem a público esclarecer o que segue

A respeito da investigação de suposta  cumulação ilegal de cargos efetivada pelo Tribunal de Contas no tocante a Câmara de Baixa Grande ,é importante explicar que a presente investigação refere-se ao ano de 2016.Em tempo salienta-se que todos os nomes citados e investigados estavam inseridos no âmbito da estrita  legalidade, vez que é compatível a função de vereador com a de professor ou outro cargo no serviço público.

Desta forma ratifica-se que não existe ilegalidade o que restará provado no decorrer da investigação.

 638 Visitas